Educação Municipal de Tuntum continua sem atingir as metas do IDEB

A educação municipal de Tuntum continua sem atingir as metas projetadas pelo IDEB para o ano de 2019, tanto nas séries/anos iniciais como nas séries/anos finais do ensino fundamental conforme a divulgação dos índices divulgados pelo MEC na manhã desta terça-feira(15).

As séries/anos inciais do ensino fundamental de Tuntum  tinha a meta projetada de 5.0 para o ano de 2019, obtendo apenas o percentual de 4.7 igual o índice de 2017, mostrando uma estagnação de aprendizagem dos alunos das escolas pública do município neste segmento do ensino fundamental.

Já as séries/anos  finais que  tinha a meta projeta de 4.2 pelo IDEB em 2019 os alunos/alunas obtiveram apenas o percentual de 3.8 abaixo do projetado.

Educação pública estagnada e sem perspectivas de avanços na aprendizagem

Com os índices do IDEB/2019, a educação municipal pública de Tuntum mostrou estagnação completa em 2018 e 2019, mesmo aumentado 02 décimos na média das séries/anos finais, mas que não atingiu a meta programada conforme as ilustrações postas aqui.

Não há nada para comemorar diante deste resultado pífio de aprendizagem do IDEB/2019 em Tuntum por conta  de uma gestão educacional que foi marcada, principalmente, nos  últimos dois anos pela incompetência administrativa da gestão, pelos atrasos recorrentes de salários, pela falta de planejamento pedagógico que premiasse a aprendizagem e pelo loteamento político e financeiro  vergonhoso que se tornou a Secretaria Municipal de Educação.

Educação é planejamento com foco na aprendizagem

Não dá para camuflar os níveis de aprendizagem em um sistema de educação que não não planeja seu ensino. É de fundamental importância que se dê prioridades no sistema de educação ao fortalecimento das práticas didáticas cotidianas com projetos de alfabetização, formação continuada de professores e num diálogo permanente com a família dos alunos, das alunas da rede para um verdadeiro pacto pela aprendizagem como choque de gestão educacional sem as ingerências políticas e financeiras  na administração dos recursos e escolhas corretas das ações pedagógicas para o fortalecimento como um todo do sistema de ensino local. Só assim o IDEB projetado para as escolas municiais será atingido.