O que os municípios já fizeram com os R$ 187 milhões recebidos para o combate ao coronavírus?

Blog do Garrone – O senador Roberto Rocha levantou, neste final de semana, os dados em relação aos repasses federais para o Estado e municípios do Maranhão específicos para o combate ao coronavírus. No total, o Estado recebeu R$ 89 milhões e os municípios R$ 189 milhões, aí incluídas as verbas do governo Federal e emendas de bancada.

Mas o que se vê constantemente na mídia é uma cobrança exacerbada ao governo do Estado, como se ele fosse o único a ter que lutar sozinho contra o coronavírus. E os municípios maranhenses? O que já fizeram com esse recurso milionário que receberam nos últimos meses?

É bom que a população saiba que é dever, também, das gestões municipais se unirem no combate a essa pandemia. Equipar hospitais, construir novas estruturas, comprar equipamentos e contratar mais médicos. Assim como o governo do Estado – que triplicou o número de leitos para Covid-19 – as Prefeituras precisam se preocupar com o avanço da doença.

O blog fez um levantamento e quer saber. Quantos respiradores já foram comprados com os R$ 3,4 milhões que foram recebidos pelo prefeito de Miranda Norte? Quantos leitos de UTI Bequimão abriu com os R$ 2,9 milhões que recebeu? Como Nova Olinda gastou R$ 2,5 milhões?

Igual a esses, existem dezenas de outros municípios que receberam recursos milionários, como Zé Doca (R$ 6,7 milhões), Estreito (R$ 2,5 milhões), Bacabal (R$ 2,5 milhões), Santo Antônio dos Lopes (R$ 2,4 milhões), Tuntum (R$ 2 milhões), Lima Campos (R$ 1,6 milhões), Balsas (R$ 1,5 milhão), Barão de Grajaú (R$ 1,2 milhão), Pirapemas (R$ 1,1 milhão), Serrano do Maranhão (R$ 1,1 milhão) e Fernando Falcão (R$ 1 milhão).